sábado, 29 de maio de 2010

CONTOS_ Terrível Doença!

Depois da separação conjugal, estranhas visões e sons perseguem o homem. O guarda-roupas se abre sozinho, mostrando vestidos que ele sabe que não estão mais lá, o espelho mostra uma vaga imagem feminina por trás dele, murmúrios estranhos enchem os seus ouvidos nas madrugadas insones. Ele pensa que está ficando louco e vai procurar um psiquiatra.
O médico, um homem de olhos tristes, de uns 50 anos, ouve a queixa do paciente, anota os seus dados e, de repente, levanta-se da mesa e berra, agarrado ao paciente:
- Tua doença não tem cura, desgraçado! É saudade, é saudade! Eu também sofro disso!...


Antonio Maria Santiago Cabral
Publicado em 17/09/2009
Código do texto: T1815859
Versiprosa de Antonio Maria
http://antoniomaria.prosaeverso.net


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Nenhum comentário:

Postar um comentário